Maria Ivone Vairinho e Poetas Amigos

Maio 22 2011

 

CARÇÃO/RIO FRIO/PORTUGAL !

 

Adriano Augusto da Costa Filho

 

 

      Em eras imanentes elas vieram,

      Dos Celtas povos maravilhosos.

      Romanos,Mouros ali pararam,

      Na Lusitânia dos povos brilhosos !

 

      Rio Frio de um povo encantado,

      Foi Rívulo Frígido do Monte.

      Da era Romana destacado,

      Por séculos e séculos avante !

 

      Desses tempos seculares,

      Vem caminhando meu cerne.

      Em séculos aos milhares,

      O meu espirito e minha carne !

 

      Dos Anes eu vim caminhando,

      Em séculos e séculos sem fim.

      Mãe, primos, Avós adorando,

      Como flores plantadas num jardim !

 

      De Carção terra infinita,

      Terra de grandiosos povos.     

      Nunca a alguém fez desdita,

      Para os antigos, como aos novos !

 

      Carção dos Celtas benditos,

      Aos judeus deram acolhida.

      Aos mouros e aos romanos,

      Dessa história nada perdida !

 

      Dos Costas sou descendente,

      Do Pai e Avós vim caminhar.

      Ali bordou-se secularmente

      O meu romântico poetar !

 

      Sou brasileiro pelo Sol

      E português pelo Sangue.

      Do Brasil amo todo o rol,

      De Portugal nunca exangue !

 

      De infinitas eras eu vim,

      Caminhando sempre sem fim.

      Amo o meu Brasil altaneiro

      E Portugal o ano inteiro ! 

 

      Amo o lindo Trás-os-Montes,

      Rio Frio, Carção terras lindas.

      Dos rios, as suas vertentes,

      Que vieram de épocas infindas !

 

      Eu vi essas terras tão lindas,

      Beijei seus intocáveis chãos.

      Terras lindas de épocas tantas

      Pisadas por tantos irmãos !

 

 

ADRIANO AUGUSTO DA COSTA FILHO

Casa do Poeta de São Paulo

Movimento Poético Nacional

Academia Virtual Sala dos Poetas e Escritores

Academia Virtual Poética do Brasil

Academia Poços-Caldense de Letras/MG

Ordem Nacional dos Escritores do Brasil

Associação Portuguesa de Poetas/Lisboa/Portugal

 

(colocado por Maria Ivone Vairinho)

publicado por appoetas às 19:31

Este blogue está aberto aos co-autores e Poetas Amigos de Maria Ivone Vairinho
Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

16
17
19
20
21

23
24
25
26
27

31


links
pesquisar
 
Tags

11 poemas inéditos de carlos cardoso luí(1)

25 anos app(11)

ada tavares(18)

adriano augusto da costa filho(39)

albertino galvão(11)

albina dias(18)

alfredo martins guedes(2)

ana luísa jesus(4)

ana patacho(3)

anete ferreira(3)

antónio boavida pinheiro(22)

app(5)

armindo fernandes cardoso(3)

bento tiago laneiro(5)

carlos cardoso luís(13)

carlos moreira da silva(2)

carmo vasconcelos(22)

catarina malanho semedo(2)

cecília rodrigues(48)

cláudia borges(8)

dia da mãe(8)

dia da mulher(9)

dia do pai(6)

donzília martins(8)

edite gil(68)

elisa claro vicêncio(4)

euclides cavaco(100)

feliciana maria reis(4)

fernando ramos(20)

fernando reis costa(3)

filipe papança(11)

frances de azevedo(2)

gabriel gonçalves(14)

glória marreiros(20)

graça patrão(6)

helena paz(15)

isabel gouveia(3)

jenny lopes(11)

joão baptista coelho(1)

joão coelho dos santos(7)

joao francisco da silva(4)

joaquim carvalho(3)

joaquim evónio(9)

joaquim sustelo(70)

judite da conceição higino(4)

landa machado(1)

liliana josué(45)

lina céu(5)

luis da mota filipe(7)

manuel carreira rocha(4)

margarida silva(2)

maria amélia carvalho e almeida(6)

maria clotilde moreira(3)

maria emília azevedo(5)

maria emília venda(6)

maria fatima mendonça(2)

maria francília pinheiro(3)

maria ivone vairinho(14)

maria jacinta pereira(3)

maria joão brito de sousa(69)

maria josé fraqueza(5)

maria lourdes rosa alves(4)

maria luisa afonso(4)

maria vitória afonso(8)

mário matta e silva(20)

mavilde lobo costa(22)

milu alves(6)

natal(16)

odete nazário(1)

paulo brito e abreu(6)

pinhal dias(9)

rui pais(8)

santos zoio(2)

sao tome(10)

susana custódio(15)

tito olívio(17)

vanda paz(23)

virginia branco(13)

todas as tags

blogs SAPO